Sem hesitações ou cepticismos, Acid Mothers Temple no Maus Hábitos – Porto foi um concerto que deixou cicatriz marcada a quem por lá esteve.

Vindos da Rua da Alegria a entrar na Passos Manuel, reparamos numa mancha humana vestida de negro. A primeira ideia foi “o Halloween está a bater“. Afinal era um concerto dos Moonspeel no Coliseu do Porto que estava prestes a começar. Ficamos por ali a esquadrinhar uns momentos, sobre como, depois dos anos da pandemia e com a crise financeira instalada, existe uma resiliente (tão na moda esta palavra) disponibilidade e desejo das audiencias por eventos Rock.

Chegados ao Maus Hábitos, uns 15 minutos antes da hora marcada para a abertura de portas, a surpresa foi encontrar mais de uma dezena de pessoas sentadas no chão a aguardar pelo início do concerto dos Acid Mothers Temple.
Estas visões de fãs que aguardam sedentos pelo início de gigs não acontecem com regularidade em eventos desta dimensão. Neste caso, surgia o primeiro exemplo atestando que estavamos perante um projecto que arrebate.
Às 21.40h iniciou-se a psicadélica viagem ao som de Dark Star Blues:


Entretanto, o Maus Hábitos echeu para receber convenientemente os Acid Mothers Temple e em 50 minutos a banda descarregou, sem deixar dúvidas, a sua energia psicadélica, cativando nitidamente uma audiência predisposta a embarcar na alucinante romaria .
O Rock, num dos seus estados mais puros e cristalinos, é a força motora, a ignição, para a jornada psicadélica que os Acid Mothers Temple convidam a partilhar. Mas a palete sonora é composta por um arco-íris extravagante, cheio de camadas que criam um viciante ambiente hipnótico, tudo acondicionado no sítio e tempo certo.
A inflexível passagem do tempo, assim como a história, vão certamente colocar os Acid Mothers Temple num patamar influenciador só reservado aos mais ilustres.


Esta crónica podia perder-se em juízos e avaliações, estender-se pela necessidade de mais linhas em informações e explicações, mas há viagens e trajectórias que, quer pelas suas propriedades quer pela particulariadade, devem ser experienciadas. Caso contrário, apresentam-se riscos com uma explanação exaustiva quando a interpertação pode não ser linear. Os efeitos do elixir batem de diferentes formas em cada indivíduo.
Acrescentar apenas que se aconselha vivamente a toma deste fármaco sonoro se a oportunidade surgir, sem receios de efeitos secundários indesejados.

Deixar um comentário

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE