A locomotiva nuclear dos Hetta com paragem em V.N.Famalicão

Texto por Luís Masquete

O quarteto do Montijo não tem parado quieto desde o aclamado EP de estreia “Headlights” e, no meio de uma ferrovia que os tem levado de Norte a Sul e com uma tournée no UK no itinerário, a próxima paragem é num dos melhores apeadeiros para a música pesada em Portugal: no CRU :: espaço cultural

Hetta © Francisco Alves
Hetta © Francisco Alves


Em vésperas de Halloween e com o frio a começar a bater, quem tem rachado são os muitos (e bons) projectos de música pesada que o país viu nascer desde a pandemia (sinal dos tempos?) e dos quais os Hetta partem claramente na carruagem da frente e com paragem no CRU :: espaço cultural já no próximo Sábado, 28 de Outubro.

O quarteto do Montijo já não pode sequer ser considerado segredo, até porque estes costumam ser sussurrados e tal coisa não existe num concerto de Hetta… autênticas chapadas na cara com réplicas bem dadas e um reflexo de que, também em Portugal, o punk começa a ocupar outros territórios sonoros e conceptuais.


Desde “Headlights” – EP de estreia editado em 2022– que a banda chama a atenção dos amantes da música pesada em Portugal, pelo que a visita a uma das casas que mais estende as portas aos altos decibéis no nosso país era apenas inevitável, para não dizer… Irreversível.

Deixar um comentário

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE